Falha irreparável permite jogos piratas no Nintendo Switch


Parece comida gourmet, mas Fusée Gelée é o nome de um exploit que afeta todas as unidades do Nintendo Switch e pode atingir qualquer outro dispositivo equipado com o chip Tegra X1, da Nvidia. É uma falha séria: com ela, o console pode ser hackeado para rodar código externo, desde jogos piratas até software maliciosos.

A falha foi reportada pela engenheira Katherine Temkin em conjunto com um grupo chamado ReSwitched. Ela afirma que decidiu tornar o problema público por conta da sua gravidade, mas que, antes disso, contatou a Nvidia e a Nintendo. A divulgação estava prevista para 15 de junho, mas um anônimo a vazou antes, razão pela qual a engenheira decidiu abordar o assunto agora.

O que torna o problema grave é a impossibilidade de corrigí-lo. De acordo com Temkin, nenhum update via software vai corrigir a falha definitivamente. Pelo o que se sabe, o único jeito de evitar o Fusée Gelée é trocando os chips Tegra X1 por versões sem o defeito, mas isso é inviável: o Nintendo Switch já vendeu cerca de 15 milhões de unidades.

Não é que todas as unidades estejam sujeitas a um ataque em massa. A vulnerabilidade se manifesta no modo de recuperação do console. Nesse procedimento, é possível burlar a proteção do Boot ROM para inserir código externo e executá-lo. Só que, para iniciar o modo de recuperação, é necessário que dois pinos do Joy-Con direito se comuniquem.

 

 

 


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

Cry Cry
0
Cry
Cute Cute
0
Cute
Damn Damn
0
Damn
Dislike Dislike
0
Dislike
Like Like
0
Like
Lol Lol
0
Lol
Love Love
0
Love
Win Win
0
Win
WTF WTF
0
WTF

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Falha irreparável permite jogos piratas no Nintendo Switch

log in

Become a part of our community!

reset password

Back to
log in
Choose A Format
Gif
GIF format